quinta-feira, 4 de outubro de 2018

21 razões para sonhar







Lançamento de livro




A Festa da palavra na Arte do Encontro: das noites da vela ao Coletivo Sarau do Binho, foi lançado no último dia 22/09 na IV Feira Literária da Zona Sul - FELIZS.

O livro é resultado de pesquisa do Coordenador Geral do CIEJA CL, Diego Elias, no qual aborda temas da cultura do sarau na zona sul de São Paulo, o histórico do Sarau do Binho, assim como suas repercussões atuais.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Convite.


Com grande alegria  divulgamos mais uma vernissage do nosso grande parceiro Instituto Olga Kos que proporciona a INCLUSÃO por meio da arte, cultura e esporte.





Dia Nacional dos Surdos



Dia Nacional do Surdo e a Luta pela Inclusão


Dia 26 de Setembro é o Dia Nacional do Surdo, uma data muito especial e que nos relembra a história e a luta dessa comunidade. Hoje, mais que nos outros dias, queremos deixar um convite: vamos falar sobre a Libras?

 O dia 26/09 é considerado o dia Nacional do Surdo e o próprio mês de Setembro como um todo é para a comunidade chamado de Setembro Azul. Esse é um mês para celebrarmos a comunidade surda e pensarmos mais sobre a inclusão dos surdos na sociedade.


Mas porquê o mês de setembro?

Setembro foi escolhido pelos surdos para comemorar e relembrar a luta por direitos. Por isso, o mês está repleto de datas importantes para a comunidade, como por exemplo o Dia do Surdo. No Brasil, o dia foi escolhido por ser a data de fundação do INES – Instituto Nacional de Educação de Surdos, em 1857. Durante todo o Setembro Azul, a comunidade surda se encontra em eventos e congressos. A principal pauta é a educação dos surdos e a criação de Escolas Bilíngues para o ensino da Libras 🙂
A cor azul foi escolhida pois, durante a II Guerra Mundial, como os judeus que eram marcados com uma estrela de Davi em suas roupas, todas as pessoas que possuíssem algum tipo de deficiência, deveriam levar no braço uma faixa azul, para serem facilmente identificados pelos nazistas – e isso também era mandatório aos surdos. Uma herança triste, mas que dá força à luta dos surdos em todo o mundo. O Azul turquesa também foi escolhido por ser uma cor viva e vibrante, que representa o orgulho surdo e a cultura riquíssima que existe na comunidade 🙂 É uma cor que não se esconde, nem se apaga, mas que brilha com orgulho – como os surdos em relação a sua cultura e sua língua.
 Todos devemos lutar pela inclusão!
Não é só em Setembro que devemos lutar pela inclusão dos surdos, mas todos os dias. A inclusão acontece quando cada um de nós se interessa e procura entender e ser mais compreensivo com tudo e todos que nos são diferentes. É isso que faz o Brasil um país tão rico – suas várias culturas e a dos surdos é uma delas! Conhecer mais a Libras e levá-la ao maior número de pessoas possível é um belo caminho pra se começar 😉
Sendo assim… que tal você começar a aprender um pouco mais agora mesmo? Nós já falamos aqui no Blog de 5 fatos que você deveria saber sobre a comunidade surda e de 5 maneiras de você aprender Libras online e gratuito – com esses artigos você consegue entender um pouco mais sobre a Libras e sobre a cultura surda 🙂

Link da matéria: https://blog.handtalk.me/dia-nacional-surdo/




quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Divulgando.

As inscrições para a Jornada da Ética estão abertas! Mas o que é a Jornada da Ética, afinal!? É um curso on-line gratuito e um concurso cultural realizados em parceria com o prof. Clóvis de Barros Filho que tem como objetivo incentivar a discussão sobre ética e reconhecer projetos elaborados por estudantes e professores das redes pública e privada de todo o Brasil. Para participar é bem fácil, basta se inscrever até o dia 30/9 e começar sua jornada! Acesse https://bit.ly/2Oz5Xmf e garanta sua vaga!

Uma noite de festa e emoção.



 E a noite de ontem foi de muita festa e emoção.
Alunos, amigos , funcionários do CIEJA Campo Limpo  e parceiros , literalmente lotaram o auditório do SESC Campo Limpo para ouvir e homenagear Êda Luiz.

Por iniciativa do Sarau do Binho, amigo e parceiro do CIEJA, Êda Luiz foi escolhida para ser a homenageada ao longo das atividades da FELIZS de 2018.





Muitos amigos se fizeram presentes:
Pais e alunos,
Funcionários.
Parceiros.
filhos e filhos do coração . 




Equipe CIEJA Campo Limpo

Divulgando



Uma homenagem merecida.





Hoje a comunidade da Zona Sul homenageou essa mulher maravilhosa: Eda Luiz. 
Eda construiu um potente, criativo e inovador trabalho na Educação de Jovens e Adultos, mais recentemente no CIEJA Campo Limpo. 

Generosa, a partir de amanhã ela vai - com outros educadores da rede e de fora dela - nos ajudar a pensar o espaço e a organização de escolas com metodologias inovadoras presentes na nossa rede. 

A vida é bela também pelos encontros que nos proporciona. 

Viva a “Dona Eda”!


Alexandre Schneider - Sesc Campo Limpo.   18 h ·

Prêmio Educador nota 10


Finalistas

Voto Popular #EsseProjetoé10

Pela primeira vez, o maior e mais importante prêmio da Educação Básica do Brasil, está aberto à votação popular. O Educador Nota 10 é uma parceria dos dois maiores grupos de Comunicação do país e suas fundações: Abril, Globo, Fundação Victor Civita e Fundação Roberto Marinho. Nessa 21ª edição, você está convidado a escolher o projeto mais interessante na contribuição para a Educação Básica de qualidade. Os professores dessa página foram escolhidos entre mais de 4 mil candidatos de todo o Brasil pela Academia de Selecionadores, que conta com um time de profissionais da Educação e especialistas nas diversas disciplinas. Agora, o projeto que é “10”, é você quem escolhe. Até o dia 01/10, vote! #EsseProjetoé10.

 

 Educação Física – Fundamental I – EJA

A desconstrução de preconceitos
CIEJA Campo Limpo
São Paulo, SP

Por sugestão de uma estudante, o professor Marcos Ribeiro das Neves resolveu se aprofundar sobre o Maracatu, e, com isso, precisou desconstruir algumas narrativas preconceituosas que emergiam dos próprios alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos. Aos poucos, com ajuda de discussões, pesquisas, vivências e trabalhos, os alunos conheceram o contexto social e histórico da escravidão e desta manifestação cultural folclórica afro-brasileira, ampliando e ressignificando os saberes. Como finalização do trabalho, tiveram que preparar coletivamente um cortejo para a abertura de um seminário étnico municipal.

“A sugestão de uma aluna, que tinha na família brincantes de maracatu, me fez ler muito para entender sobre essa manifestação cultural e aprender a prática corporal antes de iniciar a tematização na escola.”



Para maiores informações e votação acessem o link:

 https://fvc.org.br/indicacoes/marcos-ribeiro-das-neves/

FELIZS - Feira Literária da Zona Sul

 Programação da Feira Literária da Zona Sul.





segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Mais um encontro emocionante.


Neste encontro contamos com a participação do ex aluno e amigo Ronildo - deficiente visual - , que compartilhou com o grupo sua história de vida, barreiras e superações.
Foram momentos de grande aprendizagens.



Tivemos também a presença da amiga e parceira Luciana Figueiredo - psicóloga abordagem Junguiana - CRP - 06/60152  - , que juntamente com o professor Billy fizera a mediação o encontro.


sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Café Terapêutico - Grupo de pais, alunos e amigos em busca de uma sociedade realmente INCLUSIVA.


E hoje tivemos o encontro do Café Terapêutico onde pudemos conhecer  a história 
de nossa aluna Rosa Flor.

Rosa  foi apresentada de forma poética  pelo professor Billy, que fez a leitura de um texto escrito por ela  mesma onde conta um pouco de sua história e de  como iniciou seus trabalhos com artesanato e sua preocupação com o meio ambiente.


Contamos também  com a participação do jovem Fabrício que nos abrilhantou com músicas de sua autoria , nossos gestores Flávia e Diego e do aluno de psicopedagogia
Pedro que iniciará estágio conosco.
Agradecemos muito a participação dos pais, alunos e da equipe que organiza os encontros.




Lugar de cantos, encantos, contos e encontros.




Parceiro e a amigo do CIEJA - Binho do Sarau do Binho , é homenageado na Câmara dos Vereadores de São Paulo


Segunda feira - 21.08.18 - professores e alunos do CIEJA estiveram na Câmara dos Vereadores prestigiando o evento que homenageou com a Salva de Prata , o nosso amigo e parceiro Binho.




Nosso coordenador geral , Diego Elias , teve um momento de fala pois, o Sarau do
 Binho faz parte de sua pesquisa de mestrado.
Diego, representando o CIEJA Campo Limpo, em sua fala pontuou a importância da escola ter as parcerias com coletivos de cultura e todas as ações que permeiam nosso território.

Nossos alunos adoraram participar do evento.

Parabéns Binho pela homenagem recebida.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Projeto Arte sem limites.


 É muito bom ver a alegria estampada em cada olhar.
 Aceitar , respeitar e valorizar as diferenças.

 Possibilitar o despertar criativo

 Cada um do seu jeito


 Com dedicação, carinho e muito amor.
 Nós do CIEJA Campo Limpo agradecemos a parceria firmada com o Instituto Olga Kos e parabenizamos  a dedicação dos profissionais que fazem de cada oficina um processo de criação afetiva.



FLIC - Festival Literário do CIEJA Campo Limpo


Agradecemos a presença de todos os amigos, parceiros, pais e alunos.
Realmente foi uma grande festa de cultura.